Última hora

Última hora

Merkel pode sofrer oitava derrota consecutiva em eleições regionais

Em leitura:

Merkel pode sofrer oitava derrota consecutiva em eleições regionais

Tamanho do texto Aa Aa

Na Alemanha, as eleições de domingo na Renânia do Norte-Vestefália deverão traduzir-se na oitava derrota consecutiva para o partido de Angela Merkel em escrutínios regionais.

Nem a implicação pessoal da chanceler alemã deverá contrariar as sondagens, que apenas atribuem 30 por cento dos votos à CDU. Os democratas cristãos deverão pagar, nomeadamente, as várias “gafes” do ministro do Ambiente e cabeça de lista durante a campanha.

Os sociais-democratas deverão sair vencedores, o que significará a recondução da governadora cessante, Hannelore Kraft. O escrutínio antecipado foi convocado depois do executivo minoritário formado pelo SPD e pelos Verdes ter visto vetado o orçamento regional.

As sondagens apontam, no entanto, para a possibilidade de uma nova maioria e uma repetição da coligação entre os sociais-democratas e os ecologistas no parlamento de Dusseldorf.

Caso isso não aconteça, os liberais do FDP – parceiros de Merkel no governo de Berlim – já admitiram uma aliança com o SPD e os Verdes na Renânia do Norte-Vestefália.