Última hora

Última hora

Alemanha: derrota do partido de Merkel na Renânia do Norte-Westfália fragiliza conservadores

Em leitura:

Alemanha: derrota do partido de Merkel na Renânia do Norte-Westfália fragiliza conservadores

Tamanho do texto Aa Aa

A vitória dos sociais-democratas (SPD) nas eleições na Renânia do Norte-Westfália, à frente dos democratas-cristãos (CDU) de Angela Merkel veio lançar o alerta entre os conservadores.

O partido de Merkel conquistou 26.3% dos votos contra 39,1% para o SPD.

Para os conservadores tratou-se do pior resultado de sempre naquele que é o Estado federado mais populoso da Alemanha.

Hannelore Kraft, cabeça de lista do SPD, não escondeu a satisfação perante os resultados obtidos.

“Por todo o país, o SPD está satisfeito… é um sinal claro para Berlim, e é um sinal que nos traz muita alegria”, declarou Kraft.

Os Verdes garantiram o terceiro lugar, com 11,3% por cento dos sufrágios, o que significa que poderão reeditar a sua aliança governamental com os sociais-democratas com uma confortável maioria absoluta no hemiciclo de Dusseldorf.

Outra surpresa foi o partido Pirata que conquistou 7,8%, um resultado que lhes garante presença pela primeira vez no parlamento regional.

Estas eleições têm lugar a ano e meio de eleições legislativas nas quais se prevê que Angela Merkel venha a tentar obter um terceiro mandato.