Última hora

Última hora

França: Início do processo penal do medicamento Mediator

Em leitura:

França: Início do processo penal do medicamento Mediator

Tamanho do texto Aa Aa

O caso Mediator começa hoje a ser julgado em Nanterre, nos arredores de Paris. O processo penal tem como objetivo provar que os laboratórios Servier e o seu fundador, Jacques Servier, terão ocultado deliberadamente os efeitos secundários do medicamento. Só em França suspeita-se que o Mediator seja responsável pela morte de 500 a 2.000 pessoas.

“Existe um estudo publicado em 2000 que prova, de forma científica, os efeitos indesejáveis da norfenfluramina, como as patologias valvulares de que sofrem atualmente as vítimas” – explica Martine Verdier, uma das advogadas dos queixosos.

O Mediator esteve no mercado entre 1976 e 2009, como tratamento complementar para a diabetes mas muitas pessoas recorreram ao medicamento para perder peso. A norfenfluramina é uma molécula próxima da anfetamina. Só em França foi consumido por cinco milhões de pessoas. Este é apenas um dos processos do caso Mediator.