Última hora

Última hora

Prisioneiros palestinianos em greve de fome

Em leitura:

Prisioneiros palestinianos em greve de fome

Tamanho do texto Aa Aa

Palestininanos detidos nas cadeias de Israel iniciaram esta segunda-feira, uma greve de fome, depois de falhadas as negociações moderadas pelo Egito, para a sua libertação.

A greve de fome teve mais expressão na Faixa de Gaza, onde os familiares vieram para a rua, exibir as fotos os seus prisioneiros.

Na Cisjordânia, houve manifestações de apoio aos reclusos, em especial, em Ramalah, a capital.

Presume-se que, neste momento, estejam nas cadeias de Israel, 1600 palestinianos, o que representa um terço da população total.

A 17 de Abril, já se tinha iniciado uma greve de fome, em protesto contra as condições das cadeias israelitas.