Última hora

Última hora

Editora do "News of the World" acusada de obstrução à justiça

Em leitura:

Editora do "News of the World" acusada de obstrução à justiça

Tamanho do texto Aa Aa

A antiga editora do News of the World foi formalmente acusada, esta terça-feira, por obstrução à justiça, no escândalo das escutas telefónicas que levaram ao encerramento daquele jornal.

Rebekah Brooks é acusada de ter escondido da polícia material que a incriminava naquele escândalo.

Com ela, foi também acusado o marido, Charlie Brooks.

A Procuradora do Ministério Público diz que recolheu evidências suficientes:

“Eu concluí que, em relação a todos os suspeitos, exceto o sétimo, existem evidências suficientes para que seja formulada a culpa, com uma convicção realista”.

O marido de Rebekah é tido como um amigo de confiança, do primeiro-ministro, David Cameron.

Além da mulher que era considerada o braço direito de Rupert Murdoch e de Charlie Brooks, o Ministério Público acusou ainda a sua secretária, Cherlyl Carter, dois seguranças e o motorista de Rebekah.

Todos ajudaram a esconder a gravação das chamadas.

O jornal fazia interceções telefónicas ilegais, a partir das quais elaborava notícias sensacionalistas.