Última hora

Última hora

Irão: Executado alegado espião israelita

Em leitura:

Irão: Executado alegado espião israelita

Tamanho do texto Aa Aa

No Irão um homem foi executado na forca acusado de fazer espionagem a favor de Israel.

Majid Jamali Fashi de 24 anos foi condenado à morte por alegadamente ter sido autor do atentado que matou Massoud Ali Mohammadi um cientista nuclear iraniano.

Segundo a agência oficial IRNA, Majid Fashi confessou o crime e deslocou-se por várias vezes a Israel para receber treino da Mossad. Segundo a mesma fonte o condenado terá recebido o equivalente a 90 mil euros para matar o cientista.

Massoud Ali Mohammadi foi morto em janeiro de 2010 na sequência da explosão de uma bomba colocada numa moto em frente da sua casa.

Segundo as autoridades iranianas a vítima, então com 50 anos, lecionava na Universidade de Teerão e não estava envolvida nas atividades nucleares do seu país.

Após esse atentado, três outros cientistas nucleares
foram mortos em Teerão. O Irão acusa Israel de estar por trás dos crimes.