Última hora

Última hora

Siderurgia alemã vítima da pressão da crise europeia

Em leitura:

Siderurgia alemã vítima da pressão da crise europeia

Tamanho do texto Aa Aa

As previsões dos dois maiores produtores alemães de aço não são animadoras. A ThyssenKrupp anunciou uma perda líquida de 590 milhões de euros no segundo trimestre e prevê uma quebra nos lucros operacionais no conjunto do ano.

Confrontada com a crise na Europa, a Salzgitter diz que terá dificuldades em atingir lucros tão elevados como os conseguidos no último ano.