Última hora

Última hora

Rakto Mladic é um homem doente

Em leitura:

Rakto Mladic é um homem doente

Tamanho do texto Aa Aa

Os habitantes de Sarajevo acompanham como a maior atenção o processo de Rakto Mladic, e as expectativas são enormes, dezassete anos depois do massacre de Sebrenica.

Muitos receiam que os alegados problemas de saúde possam interferir no julgamento.

Mladic foi vítima de três AVCs em 1996, 2008 e fevereiro de 2011, tem o lado direito de seu corpo paralisado.

“Espero poder assistir ao fim deste julgamento porque o que se passou aqui não aconteceu em nenhum país da Europa. É muito triste que a América e a Europa tenham deixado acontecer essas coisas aqui”.

“Ninguém fala das crianças que foram mortas. Mais de 1600 foram mortas aqui em Serajevo, ninguém fala das que ficaram feridas. O que precisamos é da verdade. Não procuramos vingança, estamos prontos a perdoar mas não podemos esquecer”.

Face aos juizes, Mladic, alega não ser culpado, declarou feita desde a sua primeira aparição em Haia, o seu argumento é que agiu em defesa do povo sérvio.

Para os sérvios, o carniceiro da Bósnia, como ficou conhecido, é um herói e este processo é visto como uma injustiça que deve ser denunciada.

“Todo o povo sérvio, não apenas a juventude, devia organizar-se melhor para exprimir a sua revolta em relação a este julgamento em Haia e contra a a comunidade internacional por causa desta injustiça em relação ao povo sérvio”.

O Procurador belga Serge Brammertz, tentou que o julgamento fosse dividido em dois processos, começando pelo o massacre de Srebrenica, onde recai a acusação de genocídio contra Mladic. No entanto, os juízes rejeitaram o pedido ao estimar que poderia prejudicar a defesa do acusado.