Última hora

Última hora

Chile: estudantes reclamam reformas no ensino

Em leitura:

Chile: estudantes reclamam reformas no ensino

Tamanho do texto Aa Aa

Polícia e estudantes envolveram-se em confrontos esta quarta-feira no centro da capital, Santiago.

É a segunda manifestação do género organizada este ano pela confederação chilena de estudantes.

Alunos, professores e pais exigem reformas profundas no sector do ensino que acusam de estar na mão dos privados e gerar enormes desigualdades.

Nos finais de 2011 os estudantes obtiveram várias concessões do governo incluindo o aumento em 10% do orçamento para a educação em 2012. No entanto, os estudantes afirmam que estas reformas ficam muito aquém do desejado.

Os protestos começaram em 2011 e prolongaram-se durante sete meses.

De acordo com as organizações de estudantes 80 mil pessoas participaram no protesto desta quarta-feira.

O movimento dos estudantes provocou a queda da popularidade do presidente Sebastian Piñera para 26%, o nível mais baixo desde a subida ao poder em março de 2010.