Última hora

Última hora

Crescimento económico é uma prioridade para Hollande e Obama

Em leitura:

Crescimento económico é uma prioridade para Hollande e Obama

Tamanho do texto Aa Aa

O novo presidente francês enfrenta hoje o seu primeiro baptismo de fogo na cena internacional, depois de aterrar nos Estados Unidos para participar na cimeira do G8 em Camp David.

François Hollande reuniu-se com o presidente Barack Obama para discutir as suas propostas de crescimento económico na zona euro e deverá reunir-se igualmente com o presidente da Comissão Europeia Durão Barroso.

Durante uma conferência de imprensa conjunta na Casa Branca, Hollande afirmou: “temos a mesma convição de que a Grécia deve permanecer na zona euro e que todos devemos fazer esforços para cumprir este objetivo. Os gregos vão voltar a ser consultados em junho e eu queria enviar este sinal ao povo grego”.

Um entendimento demonstrado igualmente em torno da questão da necessidade de medidas para incentivar o crescimento económico, consideradas “uma prioridade” pelos dois líderes.

Um entendimento que se arrisca a isolar a Chanceler alemã Angela Merkel durante um G8 transformado numa quase pré-cimeira europeia sobre o crescimento económico.

Do primeiro-ministro britânico David Cameron, ao italiano Mario Monti, passando pelo próprio Obama, a maioria dos líderes mostram-se receptivos às propostas de Hollande.

Em cima da mesa vão estar também os temas do Afeganistão, Síria e a ajuda ao desenvolvimento económico em África.

O correspondente da Euronews nos Estados Unidos, Stefan Grobe, sublinha:

“Obama sabe que as possibilidades de ser reeleito dependem da recuperação económica do país, e é por isso que necessita de discutir com os europeus para evitar o contágio da crise da dívida aos Estados Unidos e ao resto do mundo. Obama espera que Hollande seja um aliado neste objetivo, mas ao mesmo tempo tem de se assegurar que não vai escavar um fosso entre França e Alemanha”.