Última hora

Última hora

Síria: Observadores da ONU em risco permanente

Em leitura:

Síria: Observadores da ONU em risco permanente

Tamanho do texto Aa Aa

A violência prossegue na Síria e o observadores da ONU no terreno têm sido frequentemente apanhados no fogo cruzado, como na passada terça-feira, em Khan Sheikhoun na, na província de Idlib.

O ataque ocorreu durante um funeral, pelo menos 21 pessoas foram mortas. Nenhum dos seis observadores foi atingido, mas todos foram obrigados a refugiar-se durante a noite no local.

Os rebeldes acusam as forças governamentais de terem desencadeado o ataque, enquanto os media responsabilizam um grupo de homens não identificado.

Entretanto, as operações do exército sírio prosseguiram na quarta-feira nas províncias de Deera, Idlib e Homs e, na quinta-feira, na cidade de Rastane, um importante bastião das forças rebeldes.