Última hora

Última hora

G8: Ativistas contestam atitude de líderes políticos em relação a África

Em leitura:

G8: Ativistas contestam atitude de líderes políticos em relação a África

Tamanho do texto Aa Aa

À margem da cimeira do G8, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, reuniu-se com vários líderes africanos. Do encontro saiu o anúncio da Nova Aliança para a Segurança Alimentar e Nutricional nos países em desenvolvimento.

O objetivo é colaborar com a distribuição de alimentos nesses países, numa ação a ser implementada ao longo de dez anos.

Mas nas ruas, os planos de intenções traduziram-se em protestos. Centenas de ativistas denunciaram a presença de vários dirigentes africanos. Entre eles, o primeiro-ministro etíope Meles Zenawi.

“Queremos dizer ao G8 para pararem de ajudar as ditaduras e para deterem os crimes de guerra cometidos com a ajuda dos Estados Unidos e dos países europeus”, diz Kassa Ayalew, ativista.

As autoridades montaram um forte dispositivo de segurança na cidade de Thurmont, no estado do Maryland, onde se encontra o retiro presidencial de Camp David. Foi aqui que decorreu o almoço entre Barack Obama e os dirigentes africanos.