Última hora

Última hora

Iémen: população pede ao presidente para que limpe o país

Em leitura:

Iémen: população pede ao presidente para que limpe o país

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas condenaram no Iémen o atentado que, esta segunda-feira, provocou cerca de 100 mortos e três centenas de feridos.

O ataque reivindicado por um grupo islamita próximo da Al-Qaeda na Península Árabe tinha como alvo o ministro da Defesa, que saiu ileso.

A população não se conforma e pede ao chefe de Estado para que acabe com o terrorismo.

“Condenamos este crime hediondo cometido pela Al-Qaida e pedimos ao presidente para que limpe o país” afirma uma mulher.

O bombista suicida fez-se explodir junto a dezenas de soldados que preparavam a parada militar na véspera do 22º aniversário da unificação do Iémen.

O governo já fez saber que as comemorações desta terça-feira são para manter.

O grupo terrorista justificou o ataque com a ofensiva levada a cabo pelas forças de segurança iemenitas e pelos Estados Unidos contra a Al-Qaeda no sul do país, onde os rebeldes assumem o controlo de várias vilas e cidades.