Última hora

Última hora

Protestos de estudantes do Quebeque cada vez mais violentos

Em leitura:

Protestos de estudantes do Quebeque cada vez mais violentos

Tamanho do texto Aa Aa

Os estudantes do Quebeque, no Canadá, não desistem dos protestos contra o aumento das propinas decretado pelo governo liberal.
E agora contestam também recente lei que proíbe qualquer ajuntamento a menos de 50 metros das escolas. Regra que foi criada para para evitar mais manifestações.

Mas o efeito não tem sido o desejado.
Os estudantes estão cada vez mais empenhados na luta e a reação das autoridades tem sido cada vez mais dura.

Os representantes dos alunos temem agora que os confrontos possam provocar vítimas. Gabriel Nadeau-Dubois, porta-voz dos estudantes diz mesmo que “o governo devia cancelar estas leis antes que haja feridos ou até mesmo mortos. O que seria dramático e ninguém quer chegar a esse ponto.”

Estes protestos que duram há mais de 3 meses já levaram à demissão da ministra da Educação, mas o Primeiro-ministro não desiste do aumento das propinas em cerca de 80%.

As autoridades canadianas estão agora preocupadas com os efeitos destas manifestações para o país. A região costuma atrair muitos turistas durante o verão, que caso os protestos não acabem, podem desistir de visitar Montreal.