Última hora

Última hora

Rússia: Duma discute aumento das multas para violações em manifestações

Em leitura:

Rússia: Duma discute aumento das multas para violações em manifestações

Tamanho do texto Aa Aa

O Parlamento Russo discute, hoje, um projeto-lei que tem como objetivo o aumento exponencial das multas para as violações em de manifestações de rua.

As coimas podem ir de 20 mil rublos, cerca de 501 euros, até 1,5 milhões de rublos, cerca de 37,5 mil euros.

A discussão na Duma acontece um dia depois de o presidente russo, Vladimir Putin, ter anunciado a composição do novo governo de Dmitri Medvedev, onde manteve aliados nas principais pastas.

Para o líder do partido liberal Yabloko, Sergei Mitrokhin, “os governantes deram um sinal direto: Sentem-se e estejam calados! Podem estar na pobreza e nós, com o nosso orçamento e políticas económicas, condenamos-vos a viver na pobreza. Não devem tentar resistir.”

Para a juventude do Yabloko, “este será um modo direto para pessoas saírem para as ruas numa espécie de rebelião armada. Ficarem sentados em casa não leva a nada e assim nada vai mudar,” conclui Sofia Rusova.

Durante os protestos os dois líderes e mais seis pessoas do partido Yabloko foram detidos. O projeto-lei, que está hoje a ser discutido na Duma, começou a tomar forma, em fevereiro, depois de manifestações anti-Putin terem causado vários distúrbios com a polícia.