Última hora

Última hora

Crise do euro na agenda de mais uma cimeira europeia

Em leitura:

Crise do euro na agenda de mais uma cimeira europeia

Tamanho do texto Aa Aa

A crise do euro volta a estar no centro das discussões em Bruxelas. A capital belga acolhe esta quarta-feira a cimeira informal dos chefes de Estado e de governo da União Europeia.

O presidente do Conselho Europeu, Herman Van Rompuy, já explicou que vão poder ser discutidas todas as propostas, mesmo as mais controversas. O novo presidente francês, François Hollande, quer que a Europa se comprometa com medidas de incentivo ao crescimento económico, enquanto a chanceler alemã, Angela Merkel, não quer renegociar o pacto fiscal assinado por 25 estados-membros.

A mobilização de fundos estruturais não utilizados para socorrer as PMEs, o lançamento de obrigações para financiar projetos europeus de obras públicas ou o aumento da capacidade de financiamento do Banco Europeu de Investimento são algumas das propostas que poderão esconder as divergências de fundo entre as duas margens do rio Reno. Até porque Paris e Berlim têm de se entender para evitar uma eventual tragédia grega na zona euro.