Última hora

Última hora

Mulheres da comunidade xiita libanesa regressam a casa

Em leitura:

Mulheres da comunidade xiita libanesa regressam a casa

Tamanho do texto Aa Aa

Chegaram a Beirute as mulheres xiitas apanhadas numa emboscada no norte da Síria. Integravam o grupo de peregrinos raptado, ontem, no regresso de uma viagem ao Irão.

O paradeiro dos homens é desconhecido.

Os opositores ao regime sírio negam qualquer responsabilidade no sequestro e dizem que tudo não passa de uma estratégia de Bashar Al-Assad para denegrir a imagem do Exército Sírio Livre.

Uma mulheres conta como tudo aconteceu:

“Fomos parados por homens armados que seguiam num carro branco. Apontaram-nos as armas e entraram nos autocarros. Primeiro levaram-nos dali e disseram que nos queriam proteger dos bombardeamentos, enquanto isso, sequestraram os homens. Estavam armados, disseram pertencer ao Exército Sírio Livre e que nos queriam proteger.”

No sul de Beirute, bastião do Hezbollah e de onde são naturais a maioria dos homens sequestrados, foram muitos os que durante a noite saíram à rua e incendiaram pneus levando o líder do movimento xiita libanês a apelar à calma.