Última hora

Última hora

Protesto de Estudantes na Tunísia

Em leitura:

Protesto de Estudantes na Tunísia

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de jovens manifestaram-se nas ruas da capital da Tunísia contra a falta de trabalho.
O protesto foi organizado pela Associação Desempregados Graduados que nas faixas e nos cânticos de ordem pedia mais trabalho, liberdade e dignidade nacional. A associação representa mais de 200 mil pessoas que têm formação universitária mas não têm emprego. Recorde-se que a Tunísia foi o primeiro país onde ocorreu a chamada “Primavera Árabe”. Nesta altura as mudanças políticas estão em marcha, mas a economia não consegue crescer. O país está muito dependente da Europa, o principal importador de produtos tunisinos e principal fonte de investimento estrangeiro.
Esta quinta-feira ficou marcada por outro protesto, noutra cidade da Tunísia, Kef. Centenas de pessoas manifestaram-se também contra a falta de emprego e investimento na região. O protesto acabou em confrontos com a polícia. 15 pessoas ficaram feridas.