Última hora

Última hora

Festival eurovisão: canções sem "ruído" de fundo

Em leitura:

Festival eurovisão: canções sem "ruído" de fundo

Tamanho do texto Aa Aa

A capital do Azerbaijão está preparada para um dos festivais Eurovisão da canção mais polémicos de sempre.

Por detrás do cenário do concurso desta noite pesa a detenção de dezenas de opositores que, na sexta-feira, voltaram a tentar realizar um protesto para exigir eleições livres no país.

O regime tomou todas as medidas para que nada ensombre a festa desta noite, apolítica, segundo a organização.

A representante da Roménia, Elena Ionesco, que se apresenta em palco com uma formação de músicos cubanos, afirma que, “este é um dos momentos mais importantes da minha vida, espero ficar entre as cinco melhores”.

Como nas restantes edições, o lote de concorrentes e estilos musicais deste ano promete ser bastante colorido. Entre techno-pop sueco, avózinhas russas e o excêntrico Rambo Amadeus do Montenegro.

A concurrente italiana, Nina Zilli, vai interpretar a música, o “amor é uma mulher”.

“Sei que vou estar nervosa antes de entrar em palco, com as pernas a tremer, mas desde que abra a boca e comece a cantar vou só pensar na minha canção, que é uma boa terapia”.