Última hora

Em leitura:

Gregos zangados com as críticas da diretora do FMI


Grécia

Gregos zangados com as críticas da diretora do FMI

Christine Lagarde disse estar “compadecida com a situação dos gregos” e afirma que “parte importante” do esforço para ultrapassar a crise é “que todos partilhem o fardo pagando os seus impostos”.

O líder dos socialistas gregos, Evangelos Venizelos, considera esta posição um “insulto.

“Ninguém pode humilhar o povo grego durante a crise, e dirijo-me em particular à senhora Lagarde que com a sua posição insultou os gregos. Peço-lhe que reveja e reconsidere o que queria dizer”.

Em França, o lider da Frente Esquerda, Jean-Luc Melanchon mostra indignação contra a responsável do FMI.

Ex-candidato presidencial Melénchon considerou as declarações “indignas” e sugeriu que a diretora do FMI se demita.

“Com que direito fala ela desta forma aos gregos?”, questionou Mélenchon. São declarações indignas. Se houvesse uma moral política, Lagarde devia abandonar o cargo que ocupa”.

Também o líder da coligação da esquerda radical grega Syriza, Alexis Tsipras, criticou as declarações da diretora do FMI afirmando que os gregos “pagam os seus impostos” e não precisam da sua compreensão.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Cannes entrega Ouro a "Amour"