Última hora

Última hora

Uma nova vida para a oposição na Ucrânia?

Em leitura:

Uma nova vida para a oposição na Ucrânia?

Tamanho do texto Aa Aa

Com Iulia Timoshenko afastada, e com toda a controvérsia em torno das condições do seu encarceramento, a oposição ucraniana procura novos caminhos.

Dois dos partidos mais críticos do poder, o Byut de Timoshenko e a Frente para a Mudança, juntaram esforços e apresentaram uma plataforma comum, tendo em vista as eleições parlamentares que se vão realizar no próximo mês de outubro.

Arseniy Yatsenyuk, da Frente para a Mudança, aponta a reforma da Justiça como uma das intervenções mais urgentes, afirmando que “os últimos processos criminais demonstram que não existe um poder judicial digno desse nome, mas sim vereditos quase artesanais de juízes escolhidos a dedo.”

A coligação promete intensificar o combate contra a corrupção e a luta pelo aumento geral dos salários.

O repórter da euronews, Sergio Cantone, relata que o próximo escrutínio será um desafio particularmente difícil para os opositores de Viktor Ianukovitch, que preparam também as eleições presidenciais, mas que primeiro enfrentam o ceticismo da população ucraniana.