Última hora

Última hora

Inquérito da ONU fala de execuções sumárias na Síria

Em leitura:

Inquérito da ONU fala de execuções sumárias na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Uma parte das vítimas do massacre em Houla, na Síria, foi executada. Pelo menos é o revelam os primeiros resultados de um inquérito da ONU. De acordo com o porta-voz do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos cerca de duas dezenas de pessoas foram mortas por tiros de artilharia e por tanques.

Informações prometem aumentar a pressão sobre o Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Os confrontos entre as forças pró-Assad e os opositores ao regime prosseguem em vários pontos do país.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos do Homem mais de duas dezenas de pessoas morreram, esta terça-feira, no norte e centro da Síria, a maioria civis.

A organização sedeada em Londres fez as contas e garante que nos últimos 14 meses foram mortas mais de 13 mil pessoas.