Última hora

Última hora

Euro2012: Campanha passa "cartão vernelho" a prostituição

Em leitura:

Euro2012: Campanha passa "cartão vernelho" a prostituição

Tamanho do texto Aa Aa

Viagem, hotel, guia turístico e …. como extra, o aluguer de mulheres. Este é o pacote muitas vezes associado a eventos desportivos, como o campeonato europeu de futebol na Polónia e Ucrânia, que começa a 8 de Junho.

O Lobby Europeu das Mulheres levou até ao Parlamento Europeu, em Bruxelas, uma campanha (que inclui um vídeo) que sensibiliza para a luta contra a prostituição, considerada muito pertinente por alguns eurodeputados.

“Um evento desportivo normalmente atrai um grande número de homens para o mesmo lugar e penso que a indústria do sexo vê nisso a oportunidade para vender sexo”, disse Mikael Gustafsson, eurodeputado sueco da Esquerda Unida Europeia que preside à comissão para os Direitos das Mulheres e a Igualdade do Género.

A campanha tem como lema: “Tenha fairplay e diga não à prostituição.” Uma indústria lucrativa que, em muitos casos, recorre ao tráfico de seres humanos para exploração sexual. Para a organização não governamental Lobby Europeu das Mulheres e para alguns eurodeputados é altura de mostrar o “cartão vermelho”.

A correspondente da euronews em Bruxelas, Raquel Garcia Alvarez, dá o exemplo dos “Jogos Olímpicos na Grécia, em 2004, em que se verificou um aumento acentuado de casos de Sida. Teme-se que o mesmo possa vir a acontecer na Ucrânia e Polónia, segundo têm alertado os especialistas consultados pela UEFA”.