Última hora

Em leitura:

Irlandeses decidem adesão ao tratado orçamental europeu


Irlanda

Irlandeses decidem adesão ao tratado orçamental europeu

Na Irlanda o referendo ao tratado orçamental europeu realiza-se esta quinta-feira.
Defensores do “sim e do “não” reclamam interesse nacional, mas segundo as sondagens o “Sim” estará em vantagem.

O primeiro-ministro fez apelo a um “sim” inequívoco.

“É a minha mensagem ao povo irlandês. Peço, no interesse do país, para que assumam a vossa responsabilidade e votem um “sim” categórico.
Temos de enviar um sinal não só para a União Europeia, mas também para o mundo”, disse Enda Kenny.

O principal advogado do “não” é o líder do Sinn Féin, Gerry Adams. Para ele o referendo é uma forma de mostrar desagrado e evitar que a austeridade faça parte da Constituição.

“Este tratado não é bom para a Irlanda, não é bom para a União Europeia. É um tratado que perpetua a austeridade e nos leva a abdicar de direitos democráticos”, disse Gerry Adams.

A Irlanda é o único dos 25 países da zona euro a referendar o controverso tratado orçamental da União Europeia. Os resultados serão conhecidos sexta-feira.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Extradição de Assange: defesa consegue 14 dias de adiamento