Última hora

Última hora

Foto que mudou a guerra do Vietname tem 40 anos

Em leitura:

Foto que mudou a guerra do Vietname tem 40 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Há 40 anos foi tirada umas das fotografias mais famosas da guerra do Vietname. A “Menina do Napalm” conquistou um prémio Pulitzer e teve um grande impacto na opinião pública mundial.

Mas a história desta fotografia vai muito além do instantâneo obtido pelo vietnamita “Nick” Ut:

«Olhei para o braço dela e a pele estava a cair. Gritei: “Meu Deus!” Comecei a chorar e disse para mim: “Não quero que ela morra” – porque já tinha tirado fotografias a duas crianças que morreram. “Não quero que ela morra” – por isso decidi ajudá-la. Coloquei no chão as quatro máquinas fotográficas e tentei pôr água no corpo dela e levá-la para o hospital. Se Kim Phuc tivesse morrido e eu não a tivesse ajudado acho que me teria matado.»

O fotógrafo levou a criança a um hospital e só o facto de ter as credenciais de jornalista americano levou os médicos a não a considerar como perdida.

Kim Puhc corria atrás do irmão mais velho e a seu lado estava também a prima, Phan Thanh Hien:

«As pessoas corriam em todas as direções. Kim Phuc corria numa direção e eu noutra. Em também apanhei o pó da bomba de napalm mas felizmente não se incendiou. À Kim Phuc arderam-lhe as roupas e a pele. Só nos juntámos junto à ponte. Fiquei aterrorizada quando vi as queimaduras de Kim Phuc.»

A “Menina do Napalm” passou treze meses no hospital onde foi submetida a várias cirurgias. Em 1992 fugiu para o Canadá onde vive atualmente.