Última hora

Última hora

Grécia: Violência assusta mas não impede imigração

Em leitura:

Grécia: Violência assusta mas não impede imigração

Tamanho do texto Aa Aa

A crise está a levar os gregos ao desespero.
E o regresso da extrema-direita ao governo não está a ajudar. Na terça-feira, um paquistanês foi brutalmente agredido em Atenas. Foi mais um caso de racismo que acentuou a preocupação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) na Grécia.

“A crise financeira da Grécia alimenta sentimentos xenófobos. Sucedem-se os gritos para que os estrangeiros sejam expulsos do país e para que povo faça justiça pelas próprias mãos. E esta propaganda encontra cada vez mais eco na população grega, numa altura em que o país enfrenta graves problemas de segurança e ordem pública”, afirmou Giorgos Tsarbopoulos, representante do ACNUR, na Grécia.

Os imigrantes estão cada vez mais pressionados na Grécia. Mas, ainda assim, aumentam as filas às portas dos campos de refugiados para pedir asilo. Isto porque, por estes dias, a Grécia é a principal porta de entrada no espaço da União Europeia.