Última hora

Última hora

Irlandeses contam votos do tratado orçamental

Em leitura:

Irlandeses contam votos do tratado orçamental

Tamanho do texto Aa Aa

O governo irlandês está confiante na vitória do “sim” ao Tratado orçamental, apesar de os votos ainda não estarem contados.

Os irlandeses foram às urnas esta quinta-feira, mas a contagem dos boletins só decorre hoje. A participação no referendo foi fraca, a rondar os 57 por cento, segundo dados ainda não oficiais.

Mas tudo indica que o primeiro-ministro irlandês, Enda Kenny, possa respirar de alívio face à Europa. Cerca de 60% dos votantes terão dito “sim” ao texto, que visa combater a crise na zona euro, reforçar a disciplina fiscal e orçamental dos 17 membros e as regras para aceder ao fundo de assistência financeira europeu.

Na oposição, o Sin Fein é contra o pacto europeu, embora o líder do partido, Gerry Adams, considere que, independentemente do resultado, “este referendo não servirá para nada, face à situação difícil dos irlandeses”.

Para entrar em vigor, o pacto precisa de ser ratificado por 12 dos 17 estados membros da zona euro.