Última hora

Última hora

Jubileu da Rainha Isabel II

Em leitura:

Jubileu da Rainha Isabel II

Tamanho do texto Aa Aa

As comemorações vêm de trás e vão prolongar-se. Mas o dia D do Jubileu de Diamente da Rainha de Inglaterra celebra-se este sábado.

Elezabeth II, ou, como foi proclamado junto à pia batismal, Elizabeth Alexandra Mary de Windsor reina há 60 anos

A partir de segunda-feira, 19 cidades de todo o Reino Unido vão acender as luzes do jubilo.

O Palácio de Backingham concentra, por estes dias, todas as atenções.

Subiu à governança a 6 de Fevereiro de 1952, sucedendo a seu pai, Jorge VI.

Herdou-lhe todos os títulos: Rainha da Grã-Bretanha, da Irlanda e dos Domínios Britânicos de Além Mar, Defensora da Fé e Imperadora da Índia, embora este último viesse a cair. A Índia, de facto e de jure, já era independente desde 1947.

Mas isso não retirou brilho, nem pompa à cerimónia da coroação.

Esta quinta-feira,a rainha recebeu representantes de 50 casas reais de todo o mundo, com quem almoçou. E houve logo polémica. Primeiro, pela presença de dois monarcas que o censo comum não considera como honrados democratas: Hamed al-Kalifa, do Bahrein, e Mswati III, da Suazilândia.

Mais ainda: a rainha Sofia de Espanha, cancelou a sua presença, como sinal de desagrado pela visita do príncipe Edward, a Gibraltar, um rochedo cuja soberania é reclamada por Madrid.

A imagem austera de Elizabeth II foi sempre compensada pela simpatia irradiante da Rainha Mãe. falecida a 30 de Março de 2002, com 102 anos de idade.

O património de Elizabeth II está hoje avaliado em sete mil milhões de libras esterlinas, o que faz dela uma das mulheres mais ricas do mundo.

Na primeira linha da sucessão, está o filho mais velho, Carlos.