Última hora

Última hora

Egito: Morsi promete reinvestigar Mubarak

Em leitura:

Egito: Morsi promete reinvestigar Mubarak

Tamanho do texto Aa Aa

A prisão perpétua de Mubarak e a absolvição dos filhos do antigo presidente e de responsáveis de segurança do antigo regime chegou, como era de esperar, à campanha eleitoral do Egito.

A duas semanas da segunda volta das presidenciais, marcada para 16 e 17 de junho, o opositor de Ahmed Shafik, Mohamed Morsi, candidato pela Irmandade Muçulmana, prometeu aos egípcios reabrir a investigação, se for eleito.

“Vou criar uma equipa com investigadores do mais alto nível. Vamos seguir as pistas e arranjar provas contra aqueles que assassinaram os manifestantes, em 2011. Vamos garantir julgamentos justos e mais rápidos contra os corruptos que matam, derramam sangue e falsificam a vontade do povo”, prometeu Morsi.

O candidato da Irmandade Muçulmana é um histórico opositor de Mubarak. O antigo presidente, deposto em março de 2011, arriscava a pena de morte, mas acabou condenado a prisão perpétua pelo assassínio de manifestantes, no início do ano passado.

Dois filhos de Mubarak e seis responsáveis de segurança do antigo regime foram absolvidos. O povo não gostou e saiu à rua em várias cidades do Egito para protestar contra o veredicto.