Última hora

Última hora

Concerto do Jubileu de Diamante em Buckingham sem Príncipe Filipe

Em leitura:

Concerto do Jubileu de Diamante em Buckingham sem Príncipe Filipe

Tamanho do texto Aa Aa

O terceiro dia das comemorações do Jubileu de Diamante – os 60 anos de reinado da Rainha Isabel II de Inglaterra – ficou marcado pela hospitalização do marido, o Príncipe Filipe.

O duque de Edimburgo, que celebra 91 anos no próximo domingo, vai permanecer alguns dias em observação devido a uma infeção na bexiga.

Num emotivo tributo à mãe, o Príncipe Carlos sublinhou que “o único motivo de tristeza [para a celebração desta segunda-feira] é a ausência do pai, que não se encontra bem”. O herdeiro da coroa britânica sublinhou, no entanto, que se todos “gritarem suficientemente forte, ele poderá talvez ouvi-los no hospital”.

Duzentas e cinquenta mil pessoas concentraram-se junto ao Palácio de Buckingham para participar nas festividades e assistir ao concerto que reuniu as estrelas da pop britânica e outros convidados em homenagem a Isabel II.

Depois de Elton John, Paul McCartney, Robbie Williams e outros músicos de renome internacional, foi a vez de a monarca tomar o palco para acender uma chama de seis metros que completou uma cadeia de 4200 lanternas espalhadas pela Grã-Bretanha e pelos territórios da Commonwealth.

O terceiro dia de celebrações foi concluído com o hino e um espetacular fogo-de-artifício.

Esta quarta-feira, terminam as comemorações com uma cerimónia religiosa na Catedral de Saint Paul e um desfile pelas ruas de Londres.