Última hora

Última hora

Ex-candidatos protestam no Egito

Em leitura:

Ex-candidatos protestam no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

Vários candidatos derrotados na primeira volta das presidenciais egípcias protestaram contra alegadas irregularidades no processo eleitoral.

Três dos ex-candidatos levaram centenas de pessoas à praça Tahrir, no Cairo.

Defendem a anulação do escrutínio que fez com que Mohamad Mursi, da Irmandade Muçulmana, e o antigo primeiro-ministro de Mubarak, Ahmed Shafiq, passassem à segunda volta: “É uma boa ideia, porque todas as forças presentes nesta praça a defendem. Não concordamos com umas eleições que são feitas desta maneira, porque isso vai contra os nossos princípios. Somos apoiantes de Hamdeen Sabahi, Aboul Fotouh ou de Khaled Ali”, diz um dos manifestantes.

Os manifestantes protestaram também contra as sentenças que o tribunal pronunciou contra o antigo presidente Hosni Mubarak e vários colaboradores. Embora Mubarak tenha sido condenado a prisão perpétua, seis antigos responsáveis pelos serviços de segurança acabaram absolvidos.

A segunda volta das eleições está marcada para 16 e 17 de junho.