Última hora

Última hora

O avião do futuro

Em leitura:

O avião do futuro

Tamanho do texto Aa Aa

Pode ser o primeiro passo rumo ao futuro. Um avião movido a energia solar partiu, esta terça-feira, de Madrid com destino a Marrocos.

É a segunda etapa de uma viagem que iniciou a 24 de maio, na Suíça. No total, o aparelho vai percorrer 2.500 quilómetros sem recorrer a qualquer tipo de combustível.

Os pilotos não escondem o entusiasmo. O suíço Bertrand Piccard diz que desde há 10 anos que sonha com este dia, depois de ter falado com especialistas no domínio da energia solar. Foi nessa altura que começou a imaginar como seria fazer um voo intercontinental a bordo de uma avião movido a energia solar. Um sonho, hoje, tornado realidade.

Para aqui chegar foram precisos sete anos de trabalho, dezenas de pessoas e de parcerias para construir este avião em fibra de carbono.

As asas do aparelho estão cobertas por 12 mil células fotovoltaicas que alimentam quatro motores elétricos, cada um com uma potência de dez cavalos.

Este é considerado o último teste antes de avançar com uma viagem à volta ao mundo já em 2014.