Última hora

Última hora

Merkel defende união política e Europa a duas velocidades

Em leitura:

Merkel defende união política e Europa a duas velocidades

Tamanho do texto Aa Aa

Uma união política europeia e uma Europa a duas velocidades, se necessário, são os dois novos credos de Angela Merkel.

A chanceler alemã, que ontem conversou pelo telefone com Barack Obama sobre a necessidade de medidas para reforçar a zona euro, explicou a uma televisão alemã a sua visão do futuro da União:

“Os que estão juntos na união monetária, têm que estar unidos: temos que manter o espírito aberto a receber os que queiram entrar, mas não podemos impedir-nos de prosseguir se um ou outro não quiser continuar”.

Apesar da forte pressão e urgência na solução da crise, Merkel quebrou as expetativas sobre a cimeira do final de Junho, afirmando que “não há nenhuma cimeira que consiga resolver todos os problemas”.

Para já, a chanceler alemã vai encontrar-se com David Cameron e ouvir, uma vez mais, as exigências britânicas de garantias de salvaguarda para o seu setor financeiro se a zona euro criar uma união bancária. O ministro britânico das Finanças, George Osborne, pede ao bloco do euro que use o fundo de estabilização para recapitalizar os bancos espanhóis.