Última hora

Última hora

Presidente italiano visita zona afetada pelos sismos

Em leitura:

Presidente italiano visita zona afetada pelos sismos

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente de Itália visitou Bolonha, uma das cidades afetadas pelos sismos que abalaram o norte do país nas últimas semanas.

Giorgio Napolitano apelou a um esforço coletivo no discurso que proferiu perante os presidentes dos municípios e os governadores de Emilia Romagna, Veneto e Lombardia, as três regiões atingidas pelos terramotos. “Não podemos gerir isto sozinhos. Temos de sentir o problema da emergência e da reconstrução como algo que afeta toda a gente, as instituições e a sociedade”.

Dos quase 2900 edifícios avaliados na área de Emilia, apenas cerca de 1100 foram considerados em condições de serem imediatamente utilizados. Foram atingidas as instalações de muitas empresas, que ainda fazem contas aos prejuízos.

Nas três regiões atingidas, cerca de 16 mil pessoas foram assistidas pelo Serviço Nacional de Proteção Civil.

É em Emilia Romagna que se concentra o maior número de desalojados. Mais de 14 mil pessoas foram distribuídas por 35 campos e 47 estruturas cobertas, como escolas. Quase 10 mil cidadãos vivem em tendas.

Nos campos de desalojados, surgem doenças, como as referidas pelo médico Luigi Capasso: “Febre, desidratação, gastroenterites são problemas comuns relacionados com a vida em comunidade, nestas condições”.