Última hora

Última hora

Começou a festa do Euro 2012

Em leitura:

Começou a festa do Euro 2012

Tamanho do texto Aa Aa

A festa – e não só – que rodeia o europeu de futebol já começou, esta quinta-feira, na Polónia e na Ucrânia. Houve espetáculos e chuva, em Varsóvia, e protestos contra a prisão de Yulia Timochenko, em Kiev.

Na capital polaca, milhares de pessoas juntaram-se numa imensa plateia, para assistir aos espectáculos de boas-vindas.

Mas a chuva também apareceu. No princípio parecia coisa pouca, apenas uma estreia molhada, para ser abençoada.

Depois tudo piorou. A chuva “molha-tolos” transformou-se em enxurrada e nem as pessoas, nem algumas infra-estruturas, lhe resistiram.

Em Kiev, o presidente Viktor Yanukovich foi à televisão pedir aos seus concidadãos que aproveitem o Euro 2012:

“Caros ucranianos, nos próximos dias, a atenção do mundo estará centrada no nosso país. Peço-vos que mostrem simpatia, honestidade e hospitalidade e, sobretudo, a amizade ucraniana”.

Mas o pior está nas ruas. Os apoiantes da antiga primeira-ministra, Yulia Timoshenko, querem aproveitar o Euro 2012, para levar o seu protesto mais longe.

Reclamam a libertação de Yulia, condenada por corrupção, com o prejuízo do Estado, quando chefiava o governo de Kiev.

E o caso promete dar que falar, fora das quatro linhas.