Última hora

Última hora

Euro 2012: Análise Rússia - República Checa

Em leitura:

Euro 2012: Análise Rússia - República Checa

Tamanho do texto Aa Aa

Esquema montado pelo selecionador da Rússia deu vitória de 4 a 1 sobre a República Checa. Rússia é líder do Grupo A.

O holandês Dick Advocaat, treinador da Rússia, apostou num 4-3-3 com Zhirkov como falso lateral esquerdo e um trio de avançados formada por Dzagoev, Arshavin e Kerzhakov.

O primeiro golo russo surge, aos 15 minutos, de uma jogada coletiva que começou e foi concluída por Dzagoev com um remate rasteiro dentro da grande área, indefensável para o guarda-redes Petr Cech. Dzagoev aproveitou o ressalto do poste, após um remate de cabeça de Kerzhakov em resposta a um cruzamento da direita de Ziryanov, e inaugurou marcador.

O segundo golo da Rússia surge aos 24 minutos. A um cruzamento de Arshavin, que não foi despejado pela defesa checa, Shirókov, com um “chapéu”, fez a bola passar por cima do guarda-redes do Chelsea e colocou o resultado em 2 a 0.

Na segunda parte os chegos regressaram com vontade de dar a volta ao resultado e aos 52 minutos acontece o golo checo. Pilar aproveitou o passe para o vazio, deixou a defesa e o guarda-redes russos para trás e, de baliza aberta, fez o golo da Checoslováquia.

Entretanto, na equipa russa, Pavlyuchenco entra para o lugar de Kerzhakov. A entrada do jogador do Lokomotiv de Moscovo foi providencial, fez o passe para Dzagoev, que, à entrada da área, com um remate formidável, bateu o guarda-redes checo. Aos 79 minutos, Dzagoev fez o 3 a 1 para a Rússia.

Três minutos depois, a Rússia fazia o quarto golo e fechava o resultado em 4 a 1. Pavlyuchenko recebeu a bola no lado esquerdo, aguentou a pressão dos defesas, fugiu para o centro do terreno e, com um remate fortíssimo, bateu Petr Cech, que ainda tocou na bola.