Última hora

Última hora

Putin promulga polémica lei sobre manifestações

Em leitura:

Putin promulga polémica lei sobre manifestações

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo, Vladimir Putin, promulgou uma lei que prevê um aumento drástico das multas por irregularidades cometidas durante manifestações.

Os indivíduos podem ter de pagar o equivalente a cerca de 7.200 euros e as organizações mais de 14 mil euros.

“Olhei para os ficheiros enviados pela Duma e comparei a nossa lei com as de outros países europeus: República Federal da Alemanha, Itália, Espanha, Grã-Bretanha e França. Não há nada na nossa lei que seja mais duro do que a legislação semelhante desses Estados”, sublinhou Putin.

A oposição diz que o Kremlin apressou a lei para que possa entrar em vigor antes da manifestação convocada para terça-feira.

“Acho que o que é mais importante aqui é compreender o que esta assinatura significa. O facto de ele ter assinado significa que Putin quer pressionar, pressionar fortemente”, diz o ativista dos Direitos Humanos, Lev Ponomaryov.

Tem havido manifestações contra a nova lei proposta por deputados do partido do poder, o Rússia Unida, na véspera da tomada de posse de Vladimir Putin.

Na terça-feira, foram detidos manifestantes que protestavam em frente ao Parlamento.