Última hora

Última hora

França: Legislativas cruciais para François Hollande

Em leitura:

França: Legislativas cruciais para François Hollande

Tamanho do texto Aa Aa

46 milhões de eleitores franceses são hoje chamados às urnas para a primeira volta das legislativas. Estas eleições são fundamentais para o presidente François Hollande que destronou Nicolas Sarkozy do palácio do Eliseu no dia 6 de maio. O chefe de Estado socialista necessita de uma maioria de esquerda para cumprir as promessas eleitorais. O sistema presidencial francês transforma-se num sistema parlamentar se a maioria for adversa ao chefe de Estado.

O escrutínio desenrola-se segundo o método maioritário a duas voltas. O próximo sufrágio tem lugar dentro de 8 dias. A mobilização dos eleitores será uma das chaves das legislativas.

A Frente Nacional de Marine Le Pen tenta capitalizar os quase 18 por cento de votos alcançados nas presidenciais. Face à dirigente da extrema-direita, no círculo eleitoral de Henin-Beaumont, está o antigo candidato presidencial da Frente de Esquerda, Jean-Luc Mélanchon.

A câmara baixa do parlamento conta 577 assentos. Os membros do governo socialista têm os postos em jogo. O primeiro-ministro Jean-Marc Ayrault afirmou que quem falhar a eleição terá de abandonar o executivo.