Última hora

Última hora

Frente Nacional conquista terreno

Em leitura:

Frente Nacional conquista terreno

Tamanho do texto Aa Aa

Para muitos foi um dos pontos altos deste ato eleitoral. A líder da extrema-direita, Marine Le Pen, e o líder da Frente de Esquerda, Jean-Luc Mélenchon, concorriam no mesmo círculo eleitoral, Hénin Beaumont.

A vitória acabaria por sorrir a Marine Le Pen que assim poderá estar a caminho de um assento parlamentar, o primeiro para o seu partido desde 1986.

“Esta noite a Frente Nacional resistiu muito bem tendo em conta a abstenção e o modo de escrutíneo profundamente anti-democrático que desde há 25 anos tem vindo a privar milhões de eleitores de escolherem os seus representantes. Esta noite confirmamos o nosso lugar como terceira força política de França”, disse Marine perante os seus apoiantes.

Jean-Luc Mélenchon reconheceu a derrota e desistiu da corrida em favor do candidato socialista Philippe Kemel que concorrerá contra Marine Le Pen na segunda volta.

“É normal estar decepcionado porque sonhamos sempre com a honra de ser o primeiro e representar as cores da República. Mas não é bom deixarmo-nos levar pelo desânimo. A grande roda da história continua a avançar. Seremos confrontados com acontecimentos enormes e perante esses eventos o que nos valerá serão as qualidades do coração e do espírito daqueles que sabem precisamente para onde vão e porquê”, afirmou o líder da Frente de Esquerda-

As projeções dão à Frente de Esquerda até oito deputados na Assembleia Nacional.