Última hora

Última hora

Itália pode ser contagiada por crise espanhola

Em leitura:

Itália pode ser contagiada por crise espanhola

Tamanho do texto Aa Aa

A Itália é agora o novo alvo das preocupações, após o resgate de 100 mil milhões de euros da banca espanhola.

Os analistas receiam um contágio à terceira maior economia da zona euro, embora a Itália se porte melhor do que os outros países que tiveram de ser resgatados: Grécia, Portugal e agora Espanha.

Para Daniel Alvarez, analista na XTB Brokers, é a toda a Europa que está em risco: “O ataque não é à Espanha. O ataque é à Europa enquanto projeto. Isso é o que todos temos de ter em mente. E a prova é que o MIB italiano, o índice do país transalpino, foi o que mais caiu.”

Desde o passado mês de março, Espanha e Itália viram as respetivas “yield” aumentar praticamente ao mesmo ritmo, prova de que os custos dos empréstimos e a perceção do risco pelos investidores não param de subir.

O que deixa o governo de Roma numa posição delicada: se a economia do país não crescer o suficiente, terá muita dificuldade para reembolsar uma dívida de 120% do PIB, que ultrapassa o bilião de euros.

Segunda-feira, a ministra austríaca das Finanças aventou a hipótese de Roma ter também de recorrer à ajuda europeia para fazer face aos elevados juros que paga pela dívida.

Mario Monti, chefe do executivo italiano, foi o primeiro a admitir que o risco de contágio da crise espanhola à Itália continuava elevado.