Última hora

Última hora

OPEP preocupada com sobreprodução de petróleo

Em leitura:

OPEP preocupada com sobreprodução de petróleo

Tamanho do texto Aa Aa

Na véspera da reunião da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), aumentam os alertas sobre uma sobreprodução de petróleo e, consequentemente, uma queda dos preços do barril.

Certos membros do cartel, que responde por 30% da produção mundial de crude, apelaram à Arábia Saudita para que reduza a sua produção.

À volatilidade do mercado soma-se a estabilidade periclitante de certos países produtores, como explica Johannes Benigni, da JBC Energy: “Por causa da Primavera Árabe, esses países estão sob grande pressão por parte do próprio povo. Receiam reduzir subsídios, porque o povo poderia voltar às ruas em protesto. Ao mesmo tempo, é muito difícil para os investidores irem para esses países, porque não podem ter a certeza de que a estabilidade da região se mantenha no futuro.”

A OPEP tem estado a produzir quase 32 milhões de barris de petróleo por dia, 10 milhões do quais da Arábia Saudita. Uma sobreprodução que levou o barril a perder 30 dólares, desde março, passando de 128 dólares para 97,50.

O teto oficial é de 30 milhões e deverá manter-se inalterado, na reunião destas quarta e quinta-feiras, em Viena.

Tanto mais que a OPEP reviu em baixa as previsões de crescimento dos Estados Unidos e da Índia, e, consequentemente, um recuo da procura.