Última hora

Última hora

Crise Euro: Rajoy inflexível e Monti sereno

Em leitura:

Crise Euro: Rajoy inflexível e Monti sereno

Tamanho do texto Aa Aa

O Congresso de Deputados de Espanha, graças aos votos da maioria de direita, rejeitou a criação de uma comissão de inquérito sobre a crise financeira e o Bankia.

O salvamento do Bankia levou à solicitação de um plano europeu de ajuda a Espanha.

“É fundamental e prioritário. É um crédito à banca que vai ser pago pela própria banca e devemos celebrar a ajuda dos nossos parceiros europeus. Muitíssimo obrigado”, disse hoje Mariano Rajoy.

O resgate público do Bankia, no montante de 23,5 mil milhões de euros, precipitou Espanha numa crise financeira e levou a Zona Euro a anunciar no sábado um plano de ajuda aos bancos espanhóis no montante de 100 mil milhões de euros.

O primeiro-ministro italiano, Mário Monti, afirmou no Parlamento que a Itália não precisa de assistência externa para responder à crise da sua dívida pública.

O governo quer afastar os receios dos mercados de que a Itália seja o próximo país atingido pela crise da dívida, depois da ajuda à Espanha e antes das eleições na Grécia no próximo domingo, nas quais este país joga a sua permanência na Zona Euro.