Última hora

Última hora

Governo sírio nega guerra civil enquanto cresce receio de novo massacre em Haffeh

Em leitura:

Governo sírio nega guerra civil enquanto cresce receio de novo massacre em Haffeh

Tamanho do texto Aa Aa

Aos apelos contra o bombardeamento contínuo de várias localidades na Síria, entre as quais Homs, o governo de Bashar al-Assad volta a salientar que está em curso uma guerra contra grupos terroristas e não um conflito civil generalizado, como denuncia a ONU.

Mas as atenções centram-se, agora, sobretudo em Haffeh, a cidade cercada pelos tanques e helicópteros dos militares sírios há mais de uma semana. Os rebeldes e os Estados Unidos alertam para a iminência de um novo massacre, nesta localidade no noroeste do país.

A ONU solicitou o acesso a Haffeh, mas a coluna de observadores terá sido impedida de avançar por habitantes de uma aldeia vizinha, apoiantes do regime.

Os insurgentes do Exército Livre da Síria já anunciaram a retirada de Haffeh, prevendo um ataque maciço. Nos últimos dois dias, há informações sobre a fuga de milhares de pessoas para a Turquia, onde os campos de refugiados já acolhem perto de 30 mil sírios.