Última hora

Última hora

PE exige ao Peru e Colômbia mais respeito pelos direitos humanos

Em leitura:

PE exige ao Peru e Colômbia mais respeito pelos direitos humanos

Tamanho do texto Aa Aa

Os eurodeputados querem que o Peru e a Colômbia dêm provas de maior respeito pelos direitos humanos, sindicalismo e ambiente antes de assinarem um acordo de livre comércio com a União Europeia, previsto para Outubro.

Durante a visita ao Parlamento Europeu, em Estrasburgo, o procurador geral da república da Colômbia garantiu que esse é o caminho que vai ser seguido.

“Há uma agenda comum entre o governo nacional, o Procurador-Geral da República e o sistema judicial da Colômbia para fortalecer todos os mecanismos de proteção dos direitos humanos”, disse à euronews Eduardo Montealegre Lynett.

Na resolução aprovada em plenário, os eurodeputados sugerem que a Comissão Europeia dê assitência jurídica nesse sentido. O objetivo é evitar um branqueamento de regimes menos democráticos.

“Temos problemas muito sérios. Há assassinatos de sindicalistas, os ativistas são perseguidos, há muito crime associado a tudo o que diz respeito à defesa dos direitos humanos na cena política. Por isso, não podemos tolerar que, através de um tratado de comércio livre, se dê apoio a um governo que não garante o respeito pelos direitos humanos”, afirmou Willy Meyer, eurodeputados da Esquerda Unida Europeia/Verdes Nórdicos.

Os deputados sugerem, ainda, a criação de grupos com consultores independentes na área dos de direitos humanos e estado de Direito, que acompanhem a aplicação do acordo de livre comércio.