Última hora

Última hora

Reino Unido: Brecha entre Cameron e Clegg

Em leitura:

Reino Unido: Brecha entre Cameron e Clegg

Tamanho do texto Aa Aa

No Reino Unido a coligação governamental sofreu uma brecha esta quarta-feira, quando os liberais democratas recusaram apoiar David Cameron no Parlamento.

Em causa estava uma moção para que Cameron abrisse um inquérito ao Ministro da Cultura e da Comunicação, James Hunt, pelo seu envolvimento com o grupo de Rupert Murdoch.

Cameron tinha pedido para recusarem o inquérito mas o partido de Nick Clegg absteve-se.

“Estamos falar das relações que os políticos do Partido Conservador e, francamente, do Partido Trabalhista tiveram ao longo dos últimos 20 anos com a News Corporation, News International e todo o resto. Para ser justo com os liberais democratas, eles não tiveram essa relação e a abstenção deles é para assinalar isso. Compreendo. É política”, disse David Cameron.

Entretanto Rebekah Brooks, confidente de Murdoch e amiga de uma série de Primeiros-Ministros britânicos esteve presente num tribunal de Londres acusada de impedir uma investigação policial no caso das escutas telefónicas e corrupção de funcionários dos tabloides de que era responsável.

Rebekah e o marido negaram as acusações e afirmaram que eram os bodes expiatórios. Caso seja considerada culpada, incorre numa pena que pode ir até aos 10 anos de prisão.