Última hora

Última hora

Holanda-Alemanha: Gómez foi o herói, Schweinsteiger o cérebro

Em leitura:

Holanda-Alemanha: Gómez foi o herói, Schweinsteiger o cérebro

Tamanho do texto Aa Aa

Mario Gómez foi o grande destaque na vitória da Alemanha sobre a Holanda e está já na liderança da lista de melhores marcadores com três golos.

O ponta de lança alemão no entanto contou com uma preciosa ajuda dos companheiros de equipa. No primeiro golo, Mesut Özil e Sami Khedira arrastaram a marcação dos holandeses para o flanco esquerdo, criando um buraco no centro do terreno.

Bastian Schweinsteiger, com todo o tempo do mundo, encontrou Gómez entre os centrais e o atacante, depois de uma receção fantástica, não teve problemas para inaugurar o marcador.

No segundo golo Schweinsteiger foi novamente determinante. O meio campo holandês voltou a falhar na marcação e o médio do Bayern de Munique voltou a colocar a bola em Gómez. O ponta de lança aproveitou as fragilidades defensivas do inexperiente Jetro Willems e não teve problemas para fazer o segundo da sua conta pessoal.