Última hora

Última hora

Egípcios à procura de segurança e estabilidade

Em leitura:

Egípcios à procura de segurança e estabilidade

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 50 milhões de eleitores são, hoje, chamados às urnas no Egito para segunda volta das eleições presidenciais.

As expectativas são elevadas e ninguém tem dúvidas sobre aquelas que dizem ser as prioridades do país.

“Precisamos de alguém que garanta a nossa segurança e a justiça social e que aumente os nossos salários porque assim não podemos viver” afirma uma mulher.

Outra refere: “as mulheres egípcias têm uma grande maturidade política e querem o melhor para os filhos. Acreditam que ao participar no escrutínio estão a contribuir para o futuro do Egito e dos seus filhos.”

“Todos os egípcios devem dar a sua opinião. Queremos alguém que reforme o Estado que se tem vindo a deteriorar. Vivemos no caos e queremos restabelecer a ordem para que o país se torne estável” adianta um homem.

A Comissão Eleitoral reconheceu, entretanto, que foram detetadas irregularidades em várias províncias do país. Situações que, adianta, não devem afetar o processo eleitoral.

Euronews: “Independentemente da cor política, todos os eleitores da segunda, e última volta, das presidenciais no Egito pedem uma verdadeira democracia, segurança e o fim do desemprego que atinge uma grande parte da população.”