Última hora

Última hora

Euro 2012: Análise final ao Grupo A

Em leitura:

Euro 2012: Análise final ao Grupo A

Tamanho do texto Aa Aa

O Grupo A do Euro 2012 revela-se, à partida, o grupo das surpresas. Depois de um arranque fortíssimo diante da Republica Checa (vitória por 4-1), a Rússia, do sportinguista Marat Izmailov, acabou por cair fora dos quartos de final aos pés da Grécia, de Fernando Santos, ao perder, por 0-1.

Na outra partida, em Wroclaw, a anfitriã Polónia não soube aproveitar o fator casa e acabou derrotada pela Republica Checa, que reagiu bem à pesada derrota da primeira jornada e venceu os 2 jogos restantes.

Petr Jiracek revelou-se o herói checo. O médio do Wolfsburgo, da Alemanha, marcou o único golo do jogo frente à Polónia, concluindo uma rápida jogada de contra-ataque conduzida por Milan Baros. A reação dos polacos foi fraca e o adeus prematuro da “sua” prova ficou confirmado após terem conseguido apenas dois empates. O selecionador dos anfitriões pediu a demissão após a eliminação.

Em Varsóvia, uma falha do defesa Ignashevich, que alinha no CSKA Moscovo, deitou tudo a perder para os russos, apontados à partida como os favoritos do grupo depois da goleada na primeira jornada. O veterano ex-Benfica Karagounis aproveitou a dádiva russa, isolou-se e bateu o guarda-redes Malafeev.

Os russos bem procuraram o golo, mas acabaram por ser os gregos a ficar perto do 2-0, com um remate forte ao poste. O sportinguista Marat Izmailov ainda entrou a 10 minutos do final e também ele foi incapaz de contrariar a felicidade dos gregos, que, com esta vitória, ganharam vantagem no confronto direto e deixaram os russos na terceira posição do grupo.

Republica Checa e Grécia entram em campo, nos quartos de final do Euro 2012, na próxima quinta e sexta-feira, respetivamente, diante dos segundo e primeiro classificados do grupo de Portugal, o B.