Última hora

Última hora

Cameron estende o tapete vermelho a exilados fiscais franceses

Em leitura:

Cameron estende o tapete vermelho a exilados fiscais franceses

Tamanho do texto Aa Aa

Uma polémica à margem do G20 opõe a França e o Reino Unido, depois do primeiro-ministro britânico ter estendido o “tapete vermelho” aos refugiados fiscais do outro lado do canal da mancha.

Durante um colóquio com empresários, David Cameron comentou a decisão do novo presidente francês criar um novo imposto de 75% sobre os rendimentos superiores a um milhão de euros anuais.

“Se a França for para a frente com essa medida nós vamos estender o tapete vermelho aos empresários franceses que podem pagar os seus impostos no Reino Unido para financiar as nossas escolas e serviços de saúde”.

O ministro do trabalho francês não tardou a reagir, com ironia, às declarações de Cameron:

“Eu não sei como se estende um tapete vermelho sobre o canal da mancha, mas é capaz de meter água”.

O aumento dos impostos para os maiores rendimentos foi uma das principais promessas de campanha de François Hollande, em contraste com as isenções fiscais concedidas durante o mandato anterior de Nicolas Sarkozy.