Última hora

Última hora

Mais 18 mortos em mais um dia de guerra civil na Síria

Em leitura:

Mais 18 mortos em mais um dia de guerra civil na Síria

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 18 pessoas morreram, na Síria, nos ataques desta terça-feira. O exército de Bashar Al-Assad atacou vários bastiões rebeldes, numa tentativa de retomar o comando.

Em Homs, mas também em Hula, em Rastan ou em Talbiseh, entre outras cidades, os combates entre o exército de Estado e o Exército Livre Sírio fizeram cerca de duas dezenas de mortos, uma boa parte, civis.

Segundo o Observatório Sírio dos Direitos do Homem, com sede em Londres, dois oleodutos foram alvos de explosões, um na região de Homs, outro na província da Deir Ezzor, no leste do país.

Para a agência noticiosa oficial, as duas explosões foram obra de “grupos terroristas”. A oposição afirma, contudo, que o regime está implicado no ataque às infraestruturas.

Na segunda-feira, 94 pessoas morreram, 63 das quais, civis, em mais um dia de uma guerra civil que dura há 15 meses.

O Conselho de Segurança da ONU deverá examinar, nas próximas horas, o futuro da missão de observação, suspensa por causa da intensificação da violência no país.